domingo, 7 de setembro de 2014

GRES Estação Primeira de Mangueira - Avatar… e a selva transformou-se em ouro - 1979

- Alô meu povão Mangueirense!
Bom samba que conta a história do cacau, a árvore dos frutos de ouro.

Bandeira:




Resultado do Carnaval de 1979

Grupo Grupo 1-A
Dia: 25/02/1979
Local: Rua Marquês de Sapucaí

Classificação:

1 - Mocidade Independente de Padre Miguel (Descobrimento do Brasil) - 163 pontos
2 - Beija-Flor (O paraíso da loucura) - 161 pontos
3 - Portela (Incrível, fantástico, extraordinário) - 160 pontos
4 - Estação Primeira de Mangueira (Avatar, e a seva transformou-se em ouro) - 159 pontos
5 - União da Ilha do Governador (O que será?) - 154 pontos
6 - Acadêmicos do Salgueiro (O reino encantado da mãe natureza contra o rei do mal) - 151 pontos
7 - Imperatriz Leopoldinense (Oxumaré, a lenda do arco-íris) - 140 pontos
8 - Unidos de São Carlos (Atual Estácio de Sá) (Das trevas à luz do sol, uma odisséia dos Carajás) - 138 pontos

Foram rebaixadas para o Grupo 1-B
Nenhuma escola foi rebaixada

Subiram para o Grupo 1-A
Unidos de Vila Isabel e Império Serrano


Intérprete na Avenida: Jamelão
Carnavalescos: Júlio Mattos
Mestre de Bateria: Mestre Waldomiro 
Rainha de Bateria: Não tinha
Mestre-Sala: Delegado
Porta-Bandeira: Neide
Colocação: 4º Lugar (Grupo 1-A atual Especial)

Enredo: Avatar… e a selva transformou-se em ouro
Ano: 1979
Autores: Tolito, Ananias e Elmo José dos Santos (Rato do Tamborim) 



Letra:

Vem do céu
Todo esplendor
A transformação em ouro
Da selva que Deus criou
Onde a mata verde
Cacaueira
Que a mãe natureza despontou
Neste solo rico e fecundo
Onde o plantio se alastrou
Tem mulata pessoal
Na colheita do cacau

(Amazônia...)
Amazônia foi a região
Onde surgiu
Incentivando a indústria
Cacaueira
Como fonte de riqueza do Brasil
E na Bahia
E na Bahia onde o braço forte
Na lavoura prosseguiu
Motivado pelos bravos camponeses
No trabalho poderoso
Do Brasil

Tem mulata pessoal
Na colheita do cacau

Abaixo o samba na voz de Juventude Samba Show

sábado, 16 de agosto de 2014

SERES Unidos do Cabuçu - Estácio de Sá, o berço do samba - 2010

Bela homenagem a GRES Estácio de Sá, que tem o nome do fundador da Cidade do Rio de Janeiro e que dá nome a um Bairro tradicional onde começou a história das Escolas de Samba.
O nome da Unidos do cabuçu é uma homenagem à rua onde sua sede se situava, a Rua Cabuçu, no Lins de Vasconcelos. Hoje a sede fica na Rua Araújo Leitão, 925 - Lins de Vasconcellos (Zona Norte) - Rio de Janeiro.


Bandeira:




Resultado do Carnaval de 2010

Grupo Grupo Rio de Janeiro 2
Dia: 14/02 de 2010
Local: Estrada Intendente Magalhães

Classificação:

1 - Independente de São João de Meriti (Da chibata à gravata, São João canta a africanidade) - 179,6 pontos
2 - Difícil é o Nome (No domingo de folia, o parque de diversões é a nossa fantasia) - 179,5 pontos
3 - Unidos da Vila Kennedy (Dos ciclos da borracha, às rodas da vida, a Vila Kennedy te convida) - 179,1 pontos
4 - Unidos do Cabuçu (Estácio é o Rio, Estácio é o Berço do Samba) - 179,1 pontos
5 - Vizinha Faladeira (Uma fantástica viagem no mundo do pirlimpimpim) - 177,8 pontos
6 - Acadêmicos da Abolição (Naveguei, naveguei, um paraíso encontrei!) - 177,7 pontos
7 - Arrastão de Cascadura (O Rei de Irê) - 177,3 pontos
8 - Unidos da Vila Santa Teresa (Que rei sou eu? Do castelo real à corte do carnaval) - 176,7 pontos
9 - Unidos da Ponte (Meriti, berço de bambas) - 176,7 pontos
10 - Corações Unidos do Amarelinho (Fernando Ribeiro, grande brasileiro irreverente e brincalhão, que faz o povo sorrir. Vocês viram o Cabeção por aí?) - 176,3 pontos
11 - Acadêmicos do Engenho da Rainha (Na calada da noite) - 176,1 pontos
12 - Unidos de Cosmos (De pé no chão também se aprende a ler, Cosmo conta essa história popular) - 175,5 pontos
13 - Acadêmicos do Dendê (O nascimento de uma estrela. De Niterói para a história, de Deixa Falar a Estácio de Sá, Ismael Silva, sua vida o Dendê contará!) - 174,3 pontos
14 - Unidos de Manguinhos (Manguinhos, sagrado e profano Unidos no folclore brasileiro) - 148,1 pontos

Foram rebaixadas para o Grupo Rio de Janeiro 3:
Unidos de Cosmos, Acadêmicos do Dendê e Unidos de Manguinhos

Subiu para o Grupo Rio de Janeiro 1:
Independente de São João de Meriti e Difícil é o Nome


Intérprete na Avenida: Marcelo Rodrigues
Carnavalescos: Luiz Carlos Guimarães e José Alexandre
Mestre de Bateria: Mestre Renato (Bi)
Rainha de Bateria: Aline de Fátima 
Mestre-Sala: Rodrigo
Porta-Bandeira: Paola Gracinha
Colocação: 4º Lugar (Rio de Janeiro 2, antigo Acesso C)

Enredo: Estácio de Sá, o berço do samba
Ano: 2010
Autores: Silvano, Lair, Betinho Santana, Luis Fernando e Jéferson



Letra:

Quem sou eu
O fundador desta cidade
Viajando na historia de lutas e glórias
E guerreiros de verdade
Vivi na malandragem boemia
E consagrei muitos bambas
Tornei-me o berço do samba
Da batucada no candomblé
Cai na gandaia no cabaré
Rezei no Círio de Nazaré

Com arte negra da Bahia brinquei
Na Pauliceia Desvairada encantei
Chora chorões no Sapoti no Tititi
Sacudindo a Sapucaí

Sonho um futuro que pedi a Deus
Quero embalar nos braços teus
Ver a minha escola tão bela
Nesta passarela
Fazendo o povo cantar
Pisando forte este chão erguendo o meu pavilhão
O show tem que continuar

Mostra garra na Avenida meus Leões
A Cabuçu canta feliz
Por isso Deixa Falar
São Carlos e Estácio de Sá
A força do samba raiz

Abaixo o samba na voz de Marcelo Rodrigues