sábado, 27 de dezembro de 2014

GRES Unidos da Tijuca - O sol brilha eternamente sobre o mundo de língua portuguesa - 2002

Bela homenagem a Língua Portuguesa e a CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa). Ganhou estandarte de Ouro de Melhor Enredo e Comissão de Frente.

Curiosidade:


A Comissão de Frente da Escola, veio com um pavão que abria a cauda formando um leque e surgiam as 8 bandeiras dos Países que formam a CPLP (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste)
Hoje a CPLP possui 9 membros com a entrada da Guiné Equatorial mas no ano de 2002 eram 8.

Bandeira:




Resultado do Carnaval de 2002

Grupo Grupo Especial
Dia: 10 e 11/02/2002
Local: Rua Marquês de Sapucaí - Sambódromo

Classificação:

1 - Estação Primeira de Mangueira (Brasil com Z é pra cabra da peste, Brasil com S é a nação do nordeste) - 399,5 pontos
2 - Beija-Flor (O Brasil dá o ar da sua graça de Ícaro a Rubem Berta - O ímpeto de voar) - 399,4 pontos
3 - Imperatriz Leopoldinense (Goitacazes… Tupi or not Tupi, in a south American way) - 396,1 pontos
4 - Mocidade Independente de Padre Miguel (O grande Circo Místico) - 395 pontos
5 - Unidos do Viradouro (Viradouro, Vira-Mundo, Rei do Mundo) - 394,1 pontos
6 - Acadêmicos do Salgueiro (Asas de um sonho viajando com o Salgueiro, o orgulho de ser brasileiro) - 392,9 pontos
7 - Acadêmicos do Grande Rio (Os papagaios amarelos nas terras encantadas do Maranhão) - 391 pontos
8 - Portela (Amazonas, esse desconhecido - Delírios e verdades do eldorado verde) - 388,9 pontos
9 - Império Serrano (Aclamação e coroação do Imperador da Pedra do Reino) - 384,7 pontos
10 - Unidos da Tijuca (O sol brilha eternamente sobre o mundo de língua portuguesa) - 380,8 pontos
11 - Unidos do Porto da Pedra (Serra acima rumo a terra dos coroados) - 378,9 pontos
12 - Caprichosos de Pilares (Caprichosos em alto astral, com Porto Alegre trilegal) - 361,6 pontos
13 - Tradição (Região dos Lagos - Os encantos da Costa do Sol) - 361,6 pontos
14 - São Clemente (Guapimirim, paraíso ecológico abençoado pelo Dedo de Deus) - 356,2 pontos

Foi rebaixada para o Grupo A
São Clemente

Subiu para o Grupo Especial
Acadêmicos de Santa Cruz


Intérprete na Avenida: Wantuir
Carnavalesco: Milton Cunha
Mestre de Bateria: Mestre Celinho
Rainha de Bateria: Fábia Borges
Mestre-Sala: Rogerinho
Porta-Bandeira: Lucinha
Colocação: 10º Lugar

Enredo: O sol brilha eternamente sobre o mundo de língua portuguesa
Ano: 2002
Autor: Haroldo Pereira, Valtinho Júnior e Wantuir



Letra:

Portugal
Nas caravelas do idioma viajei
Nessa aventura lusitana
Os cinco continentes alcancei
Bordei palavras sobre as ondas do mar (Oi! Do mar)
E na linha do horizonte
A língua se fez poesia uma odisséia de amor
Navegar é Preciso de Angola ao Timor (ô ô ô)
Cultura! Riqueza!
Iluminando o mundo de língua portuguesa

Trago à mesa a alegria e amor!
Que a família tijucana chegou!
Com bom papo e harmonia e samba no pé!
A minha língua, é minha Pátria, é minha fé!

Sopra o vento dos Deuses
Pra língua semear
Na costa africana na voz dos Orixás
Temperei com arte em Goa
E mercados de Macau
Fala Brasil !! Brasil...
A morenice em um povo encontrei
Mundo novo me apaixonei Hoje é só sedução
Salve a luta do Timor!
Pela Liberdade de expressão

Rasgou no céu um cometa
Explode em sete cores
A nova era, oito explendores
A língua é força é união
A homenagem vem na cauda do pavão


Abaixo o samba na voz de Wantuir

sábado, 8 de novembro de 2014

GRES Unidos de Bangu - Atrás do trio elétrico - 1984

Pra quem acha que Trio Elétrico é de agora, taí este samba de 1984 exaltando a história e a forma alegre dos Baianos pular o Carnaval.

Curiosidade:
O primeiro Trio Elétrico na verdade era uma Dupla Elétrica, em 1950 quando Dodô e Osmar desfilaram em direção à Praça Castro Alves. Só no ano seguinte, em 1951 com a entrada de Temístocles de Aragão, foi formado o TRIO ELÉTRICO (violão tenor, guitarra e cavaquinho).
O Primeiro carro de som era um velho Ford 1929 ligado com dois alto-falantes à bateria, só depois com o sucesso do desfile, veio o caminhão de som.

Bandeira:




Resultado do Carnaval de 1984

Grupo Grupo 1-B
Dia: 02/03/1984
Local: Rua Marquês de Sapucaí - Sambódromo

Classificação:

1 - Unidos do Cabuçu (Beth Carvalho, a enamorada do samba) - 198 pontos
2 - Acadêmicos de Santa Cruz (Acima da coroa de um rei, só um Deus) - 197 pontos
3 - Em Cima da Hora (33, destino D. Pedro II) - 189 pontos
4 - São Clemente (Não corra, não mate, não morra - O diabo está solto no asfalto) - 187 pontos
5 - Acadêmicos do Engenho da Rainha (O Tuca Juê) - 185 pontos
6 - Unidos de Bangu (Atrás do trio elétrico) - 182 pontos
7 - Arrastão de Cascadura (O conto lendário de Marabá) - 181 pontos
8 - Unidos de Lucas (Dança Brasil) - 181 pontos
9 - Lins Imperial (Só vale quem tem dinheiro) - 176 pontos
10 - Unidos do Jacarezinho (Ziguezagueando no zum zum da fantasia) - 163 pontos
11 - Paraíso do Tuiuti (1984, um ano de otimismo) - 152 pontos
12 - Império do Marangá (Águas lendárias) - 140 pontos

Foram rebaixadas para o Grupo 2-A
Paraíso do Tuiuti e Império do Marangá

Subiram para o Grupo 1-A
Unidos do Cabuçu, Acadêmicos de Santa Cruz, Em Cima da Hora e São Clemente


Intérprete na Avenida: Sobrinho
Carnavalescos: Yubiratan Corrêa (Lacerda) e José Eugênio da Silva
Mestre de Bateria: Mestre Vicente, Luiz Carlos e Raminho
Rainha de Bateria: Não tinha
Mestre-Sala: ?
Porta-Bandeira: ?
Colocação: 6º Lugar (Grupo 1-B) Equivale a Série A hoje ou 2ª Divisão

Enredo: Atrás do trio elétrico
Ano: 1984
Autor: Vanildo Lima e Beto



Letra:

Vem povão! Cai na folia...
Já raiou o dia, é carnaval
Brilhando em vermelho e branco
Com sorriso franco, sou folião
Na praça, feliz, reunido
Meu povo sofrido quer extravasar
Até os orixás estão presentes,
Essa festa comovente
Eles vão abençoar
(Kirambô)

Kirambô-ri-rê! 
Kirambô-ri-rá!
Atrás do trio elétrico
Eu não posso vacilar

Ô, ô, ô, ô! Bahia
A magia de Dodô e de Osmar
Com seu trio tomou conta do meu Rio
Que em louca euforia
Se deixou eletrizar...

Atrás da minha escola
Pode vir quem já nasceu
É o bloco do prazer,
Só não vai quem já morreu

Abaixo o samba na voz de Sobrinho